As praças de Janaúba: diagnóstico socioambiental e reflexões sobre a área verde urbana

  • William Rodrigo Santos
  • Vívian Mendes Hermano

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar a qualidade ambiental das praças da cidade de Janaúba, Minas Gerais. Neste trabalho desenvolveu-se uma pesquisa de campo com a visita a 13 praças locais com análises de cada localidade e diagnóstico global da realidade abordada. O estudo ainda se baseou nos achados teóricos de Teixeira e Santos (1991), Loboda e De Angeles (2005) e Bargos e Matias (2011). Os resultados indicam que as praças janaubenses desempenharam relativa qualidade ambiental em face de precariedades estruturais, de zeladoria e arranjo urbanístico. Chegou-se a conclusão de que a inserção de políticas efetivas voltadas para a acessibilidade, funções sanitaristas e implantação de sistemas de irrigação, manutenção e vigilância intensificariam os benefícios dos espaços verdes públicos da cidade, consequentemente, beneficiando o espaço urbano e seu público usuário.
Publicado
04-02-2016
Como Citar
SANTOS, William Rodrigo; HERMANO, Vívian Mendes. As praças de Janaúba: diagnóstico socioambiental e reflexões sobre a área verde urbana. Revista Multitexto, [S.l.], v. 3, n. 2, p. 47-54, fev. 2016. ISSN 2316-4484. Disponível em: <http://www.ead.unimontes.br/multitexto/index.php/rmcead/article/view/143>. Acesso em: 16 jul. 2020.
Seção
Artigos Originais

Palavras-chave

Área Verde; Qualidade Ambiental; Espaço Urbano; Janaúba